Qual a diferença de Canoa Polinésia, Canoa Havaiana ou VA’A?

A canoa havaiana é conhecida por diferentes nomes. Também é chamada de Va’a, Canoa Polinésia, Wa’a ou Outrigger. Esse esporte atrai pessoas que procuram não apenas uma atividade ao ar livre, mas também algo que ofereça um significado cultural e espiritual mais profundo.

Tradicionalmente vinda de um conjunto de ilhas do Oceano Pacífico, incluindo Havaí e o Taiti que fazem parte do triângulo polinésio, a canoa havaiana evoluiu no decorrer do tempo. A partir de suas raízes na Polinésia se tornou um dos esportes aquáticos mais populares do mundo.

aula canoa havaiana recreio dos bandeirantes

aula canoa havaiana recreio dos bandeirantes

História da canoa havaiana

Por vários séculos, a canoa havaiana garantiu ao povo havaiano o acesso a alimentos e notícias de terras distantes. Isso porque a canoa era o principal meio de transporte local, levando homens, mulheres e crianças até suas casas e ilhas vizinhas.

As corridas de canoa havaiana evoluíram como uma extensão natural do uso dessas embarcações pelos povos da região do triângulo polinésio para sua sobrevivência diária na pesca e nas viagens entre ilhas, culminando em jornadas épicas de até 3.000 milhas.

Essas pessoas viajavam em canoas de casco duplo que ainda existem hoje. As corridas de canoa havaiana tornaram-se uma parte importante da vida na ilha, pois muito orgulho e prestígio eram colocados na vitória.

Durante a ocupação europeia de muitas das ilhas, especificamente no Havaí em 1820, as corridas de canoa foram proibidas e os remos foram substituídos por bíblias. Mais tarde, em 1876, o rei David Kalakaua restabeleceu o esporte. Em 1908, os dois primeiros clubes de canoagem foram fundados: Outrigger Canoe Club e Hui Nalu.

O Havaí se tornou o berço das corridas contemporâneas de canoas havaianas, com um órgão regulador sendo estabelecido em 1950, a Hawaiian Canoe Racing Association.

Desde então, o esporte se espalhou pelo mundo, principalmente para o Taiti, Nova Zelândia, Samoa, Estados Unidos, Canadá, França, Inglaterra, Itália, África do Sul, Hong Kong, Austrália, Fiji e outros. Sem dúvida, está em constante expansão.

Já no Brasil, a canoa havaiana chegou no ano 2000, em Santos, São Paulo. Foi através de canoas importadas dos Estados Unidos que os clubes locais começaram a promover o esporte em nosso país.

Há cerca de 35.000 remadores de canoas havaianas em todo o mundo, e o esporte está crescendo gradativamente.

Da conquista do Pacífico a um símbolo cultural

Como o esporte pode melhorar a sua autoestima?

Como o esporte pode melhorar a sua autoestima?

Hoje em dia, os polinésios usam apenas pequenas canoas para pescar. Além delas, canoas à vela também são uma parte importante da herança polinésia, sendo ativamente navegadas no Havaí e no Taiti. No Dia da Bastilha no Taiti, é possível ver um grande desfile de canoas e corridas oficiais organizadas pelo governo francês.

Por volta de 1976, as corridas de canoa recuperaram sua popularidade anterior graças a um experimento havaiano para recriar as migrações populacionais do Pacífico usando uma canoa dupla, a Hokule’a.

O resultado foi um sucesso: a canoa percorreu 5.370 km em 32 dias sem instrumentos de navegação. A readaptação da canoa pelos polinésios pode ser vista como uma homenagem às buscas marítimas de seus ancestrais e a determinação em recuperar sua identidade.

A grande corrida de canoa havaiana  (Hawaiki Nui –  grande terra de nossos ancestrais) foi iniciada em 1992 e remonta diretamente às velhas raízes. Não é por acaso que a canoa havaiana tenha sido adotada como o símbolo da Polinésia Francesa e esteja representada em sua bandeira.

O que é um VA’A?

VA’A é uma canoa polinésia com um casco delgado conectado a uma ‘ama’. Originalmente, as canoas eram construídas a partir de um tronco de árvore oco, o que a tornava um símbolo de pertencimento à ilha local.

As conexões eram normalmente feitas com corda enrolada e amarrada de maneira interligada para reduzir o risco de se romper. Mais tarde, o uso de materiais modernos foi adotado.

Existem vários tipos diferentes de canoa havaiana. Além disso, foram criadas diferentes categorias, as principais são:

– A OC1 ou V1 é uma canoa individual com cerca de 7 metros de comprimento;

– A OC2 é uma canoa dupla.

– A OC3 ou V3 é uma canoa para três remadores e tem cerca de 11 metros de comprimento;

– A OC4 é para quatro remadores, sendo que existe a OC4 adaptada para a prática de surf.

– A OC6 ou V6 é uma canoa projetada para seis remadores e mede aproximadamente 13 metros de comprimento;

– A V12 é feita de duas canoas V6 unidas.

Aliás, falando sobre as siglas, “OC” significa Outrigger Canoe, termo usado no Havaí. Já o “V”, se refere à: VA’A, do idioma polinésio. Todos esses tipos de canoas havaianas citadas tem as seguintes partes: hullo (casco), o ama (flutuador lateral) e os yakos (braços que ligam um ao outro).

Saiba mais: Quais são os tipos de Canoa Havaiana existentes?

Canoa havaiana é um esporte de equipe

A canoa havaiana é um esporte aquático que pode ser praticado de forma recreativa ou profissional. Pessoas de qualquer idade que estejam procurando praticar alguma atividade podem experimentar esse esporte porque não exige prática e nem mesmo boa forma física.

A canoa de seis pessoas (OC6) está entre as mais usadas em competições. No entanto, as canoas individuais também são muito comuns. Às vezes, também são usadas canoas de duas e quatro pessoas, e até de seis e doze remadores.

Em uma canoa OC6, por exemplo, as posições dos bancos são numeradas de 1 a 6, começando pela frente da canoa. Cada remador tem uma função, sendo que todos sentam-se em um padrão com o “Voga” no banco 1. A responsabilidade do Voga é manter o ritmo das remadas. Saiba mais: Papel do Voga na Canoa Havaiana ou Polinésia

Já o remador do banco 2 deve segui-lo do lado contrário, estabelecendo o ritmo para os remadores 4 e 6. O remador 3 tem a função de contar as remadas para uma sincronia perfeita.A responsabilidade do remador 4 é prestar atenção as oscilações do yako traseiro para a canoa não virar. O remador 5 deve retirar a água acumulada da canoa.

Por fim, o remador 6 senta-se no último banco da canoa, na parte de trás e tem a importante função de escolher o rumo a seguir. Além disso, estimula e incentiva os demais remadores durante o percurso.

Selecione o Idioma

Sign In

Register

Reset Password

Please enter your username or email address, you will receive a link to create a new password via email.