Procedimento Huli na Canoa Havaiana

huli canoa havaiana

huli canoa havaiana

Um huli na canoa havaiana ocorre quando a canoa vira. Isso pode acontecer a qualquer momento. Alguns fatores podem explicar esse problema. Por exemplo, uma equipe de remadores iniciantes, um timoneiro sem experiência ou águas mais agitadas pode fazer com que a canoa vire.

O contato com outras embarcações, velocidade extra da canoa ou esforço em excesso do remador pode levar ao tombamento da canoa. Portanto, por prudência, esse é o primeiro ensinamento que um remador novato deve receber quando iniciar os treinamentos nesse esporte.

É importante saber como agir quando ocorrer um huli na canoa havaiana. Saiba que isso pode ocorrer até mesmo com a canoa parada. Sendo assim, é fundamental evitar distrações e manter o foco e a concentração na atividade.

Fique calmo se acontecer um huli na canoa havaiana

Se um huli acontecer durante um treino, é decisão da equipe ou do instrutor continuar a remar ou retornar. Quando um huli acontece durante uma corrida, por exemplo, a canoa precisa ser desvirada e os participantes devem continuar o percurso.

No entanto, a posição do huli deve ser levada em conta para ver se alcançar a chegada ainda é possível ou se o retorno é a opção mais segura. Então, se um huli na canoa havaiana acontecer, fique calmo!

O timoneiro é o responsável pela canoa. Se houver remadores que precisem de ajuda, o timoneiro (ou o próximo mais adequado para ajudar) assumirá o controle. Quando os remadores entram na água devem manter a tranquilidade e controlar-se.

O pânico só vai atrapalhar as tomadas de decisão, o que causará mais dificuldade para resolver a situação. Quando a canoa vira pode ocorrer um grande choque inicial no corpo e muitas vezes isso impede o remador de ter um pensamento lógico e agir com bom senso, principalmente se a água estiver fria.

O que não fazer em um huli

Outra orientação importante é não perder o remo. Dê ele ao remador do banco 1 se você não puder realizar seu trabalho e segurar o remo ao mesmo tempo. Já os bancos 3 e 4 devem ser capazes de manter seu próprio remo durante a recuperação do huli na canoa havaiana.

Procedimento Huli na Canoa Havaiana

huli canoa havaiana

huli canoa havaiana

Banco 1:  o remador que ocupa o banco 1 é responsável por recolher os remos e equipamentos pessoais que possam estar flutuando na água.

Banco 2:  o remador dessa posição sobe na canoa usando os iakos (barras de madeira que conectam o ama à canoa). Uma vez fora da água e no topo da canoa, ele deve virar-se e ficar de frente para a ama. Em seguida, colocar um ou dois pés no muku (parte inferior da canoa).

Logo após, colocar as mãos no iako. Se ele não conseguir alcançar, deve agarrar a amurada da canoa. Quando todos estiverem prontos, ele puxará a canoa em sua direção enquanto a ama está sendo içada. Assim o remador deve virar a canoa de volta a posição vertical.

Banco 3:  o remador do banco 3 deve nadar até o ama. Assim que os bancos 2 e 5 estiverem prontos no muku, ele empurrará o ama para cima dando um grande chute em tesoura com as pernas para ajudar a tirá-lo da água.

Banco 4:  a tarefa desse remador é a mesma do banco 3.

Banco 5:  a tarefa desse remador é a mesma do banco 2.

Banco 6:  esse é o banco do capitão. Ele deve verificar se todos os remadores foram contabilizados. Em seguida, ele deve auxiliar na execução da recuperação do huli da canoa havaiana e ser capaz de oferecer assistência verbal ou física.

Veja também: O papel do voga na canoa havaiana ou polinésia.

Depois de se recuperar, entre na canoa e siga!

Todos devem entrar na canoa pelo lado ama.  Isto é muito importante. Caso contrário, a canoa pode virar de novo. Quando o remador não consegue entrar na canoa, deve usar o iako para ajudá-lo a se posicionar.

Nesse momento, a preocupação não deve ser voltar para o mesmo banco do trajeto inicial, pois apenas o banco 6 deve terminar na posição de popa. Além disso, o menor remador entra primeiro na canoa e rapidamente começa a esvaziá-la.

O banco 1 coloca os remos na canoa, mas também não deve se preocupar com a distribuição correta dos remos. Nesse momento, o primeiro foco deve ser desvirar a canoa, depois ocupar as posições adequadas e pegar os respectivos remos.

O banco 6 é o segundo a entrar no barco, sendo que deve mantê-lo apontado na direção certa. A canoa pode ficar cheia de água, por isso é preciso esvaziá-la antes de entrar. Se não houver água, os remadores devem se certificar de que a canoa está livre o suficiente antes de entrar.

Entretanto, se a canoa estiver muito cheia de água, pode inundar se todos os remadores entrarem. Então, é preciso ter cuidado com as amuradas. Nesse caso, é importante se certificar de que a canoa está alta o suficiente para fora da água.

Dica ao tirar água da canoa

Como já citamos, quando ocorrer o huli na Canoa Havaiana e ela ficar repleta de água, depois de desvirá-la é preciso jogar a água para fora. Isso deve ser feito por cima do ombro. É um movimento de balanço rápido, então ao recolher a água da canoa não jogue a água pela lateral do barco, faça isso por cima do ombro.

Assim que todos estiverem dentro, os remadores dos bancos 1 – 2 – 5 – 6 devem começam a remar!  Os bancos 3 e 4 devem continuar seguindo o procedimento de retirada da água da canoa. Nesse momento, o banco 3 começa a remar quando 80% da água estiver fora do barco.

Já o banco 4 continua a retirar a água até que 95% dela tenha acabado. Lembre-se que qualquer quantidade de água no fundo da canoa tornará ela mais pesada e dificultará as remadas.

 

 

Selecione o Idioma

Sign In

Register

Reset Password

Please enter your username or email address, you will receive a link to create a new password via email.