5. Saúde & Alimentação

Músculos utilizados na prática da canoa havaiana

By 5 de maio de 2021No Comments

Músculos utilizados na prática da canoa havaiana

A canoa havaiana é um esporte que exige habilidades técnicas, bem como força e resistência. Você usa todos os músculos do corpo em algum ponto durante cada remada. A força do núcleo é especialmente importante, assim como a força das pernas.

Remar em uma canoa proporciona não apenas um treino intenso e uma sensação de euforia quando o barco desliza. Esse esporte também fornece boas lições sobre trabalho em equipe. A canoa havaiana é um esporte que qualquer pessoa pode praticar.

Quais são os músculos utilizados na prática da canoa havaiana?

A canoa havaiana é um excelente exercício cardiovascular que tonifica todos os principais grupos musculares, ao mesmo tempo em que proporciona um treino mais intenso do que outros esportes.

Embora possa parecer um treino para a parte superior do corpo, a verdadeira força por trás de uma braçada eficaz de remo é gerada pelos músculos das pernas.

A canoa havaiana é um dos principais esportes do Havaí e tem ganhado adeptos em todas as partes do mundo.

No Brasil há muitos clubes que formam competidores, mas também estão abertos a pessoas que buscam essa atividade de forma recreativa.

Transferência de força das pernas para o remo

Existem vários tipos de canoas, seja para 1 ou 6 atletas, a ideia por trás da atividade é aprender como transferir a força dos maiores músculos do corpo, suas pernas, para o remo.

Como o impulso vem através das pernas, a energia sobe para a parte superior do corpo até ser liberada nas remadas. Sem dúvida, a canoa havaiana oferece uma conexão total.

Dessa forma, os principais grupos de músculos trabalham juntos para apoiar a amplitude de movimento do remador: pernas, quadris, abdominais, coluna e ombros. Todos trabalham juntos enquanto o atleta move a canoa.

A essência da canoagem está nessa conexão. Você e a canoa se tornam um só, e tudo começa pelos pés.

Queima de calorias

O fato desse esporte consumir muita energia tende a queimar calorias e, se você estiver seguindo uma dieta com restrição calórica, essa energia pode vir de suas reservas de gordura. A quantidade de energia que você queima ao remar depende do seu peso e de quanto tempo você está se exercitando.

De acordo com estudos, o remo é considerado uma atividade vigorosa se você se esforçar ao máximo. Mas, também pode ser praticado de forma leve a moderada. O esforço moderado pode queimar até 600 calorias por hora. A maior força do exercício vem dos músculos dos braços e da parte superior do tórax que trabalham o remo.

Os remadores experientes tendem a mover as pernas dentro da canoa enquanto remam, mas os iniciantes podem não se mover tanto e, portanto, podem não trabalhar como deveriam os músculos das pernas. Os músculos quadríceps e glúteos também são exercitados pelos canoístas habilidosos, além dos músculos adutores da coxa.

Músculos superiores fortalecidos

Os remadores produzem muita força com as pernas, mas ainda ganham força nos braços, ombros e costas durante as remadas. Os músculos que são normalmente trabalhados em uma sessão de remo incluem o bíceps na parte superior do braço, os deltóides nos ombros e o latissmo do dorso e o trapézio das costas.

A canoa havaiana fortalece o sistema cardiovascular

Os treinos regulares de canoa havaiana podem ajudá-lo a ficar em forma. Embora o remo ajude a tonificar e fortalecer seus principais músculos, também é um ótimo exercício cardiovascular.

Cardio é bom para o coração e os pulmões, e quanto mais saudáveis ​​esses órgãos essenciais estiverem, menores serão os riscos de sofrer de doenças cardíacas ou derrame.

Remar garante mais mobilidade e flexibilidade

Devido à vida sedentária e à idade avançada, muitas pessoas estão se tornando menos móveis e flexíveis. Como a canoa havaiana conduz seus músculos e articulações por uma ampla gama de movimentos, os exercícios regulares de remo podem ajudar a preservar e melhorar sua mobilidade e flexibilidade. Afinal, remar na canoa havaiana move as articulações dos joelhos, quadris e ombros.

Remar reduz o estresse

O movimento regular e rítmico da canoa havaiana, combinado com a respiração estável e a concentração necessária para remar com boa técnica, significa que essa atividade ajuda a aliviar o estresse. Isso é ainda mais verdadeiro se você sair para remar em algum lugar tranquilo e bonito, como uma praia ao nascer do sol, por exemplo.

Veja também: As belezas de Niterói vista de um Canoa Havaiana

Competição de canoa havaiana

A canoa havaiana é um esporte desafiador que envolve treinamento, comprometimento e determinação. Nas competições de canoa OC6 (para 6 remadores), você tem 3 tipos de tripulação: todos homens, todas mulheres ou mistas (3 de cada).

Cada competidor tem uma tarefa a cumprir na canoa. O banco 1 é ocupado pelo voga. Ele define o ritmo para os outros remadores. Assim, todos os ocupantes da canoa o seguem.

No banco 2 fica o remador que faz as chamadas para as mudanças de lado da canoa. Os participantes remam em lados escalonados. As contagens de chamadas variam dependendo das circunstâncias.

No início da corrida e na entrada e saída das curvas, por exemplo, o remador 2 normalmente pede mudanças de potência. Uma vez que a canoa “levanta” e você tem um bom planeio, ele irá então mudar para um ritmo mais longo.

Os bancos 3, 4 e 5 são ocupados por atletas que geram a força da canoa e suas funções é dar uma braçada profunda e forte para manter a sustentação e o planeio.

O banco 6 é o timoneiro. O timoneiro não apenas dirige a canoa, mas também é o capitão da tripulação, que chama a atenção e motiva os demais atletas durante a corrida.

Conclusão

Por fim, se você deseja exercitar a maior parte do corpo de uma vez, bem como admirar as belezas de algumas regiões do Rio de Janeiro, remar em uma canoa havaiana é a melhor opção.

Além de fornecer um ótimo condicionamento físico, essa atividade gera uma melhor qualidade de vida porque libera hormônios que garantem a sensação de bem estar em geral.

 

Selecione o Idioma